Blasés

quarta-feira, 30 de junho de 2010
Mais de um mês de hiato entre uma postagem e a outra, me sinto mais velho cronologicamente (já estava na ultima postagem, mas era algo imperceptível), e lento para postar devido ao turbilhão de idéias que minha nova idade me trouxe. Estou tentando transformar isso em poesias e canções. Como é bom envelhecer! Essa música traduz, mais ou menos, esse turbilhão de idéias que me atropelou por esses dias...

Batucada

Se eu quisesse achar
Toda essa batucada
Tão interessante

Quanto esperar a chuva
Chegar,
Vinda do horizonte

Iriam transbordar
Sentimentos que, até então,
Estavam esquecidos, quase destruídos...

Haverá mais batucada?

Tenha medo de ter medo
De batuques, desejos
Tudo o que se presume estar

Nessa tempestade
Que te agarra e te beija
Bem assim, sobremaneira

E te faz confundir razão e emoção
Descobre e desperta
a vontade de querer batucar

E se, um dia, eu achar
Essa tempestade
desinterssante?

Haverá mais batucada?

2 comentários:

Moreira disse...

Pow, comentário ... sem comentários meu querido ... simplesmente BRAVO!

Moreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Creative Commons License
André Dias Textos by Pensamentos Avulsos is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.